Estádio Rasunda. Estocolmo. Suécia. 1951. A selecção espanhola deslocava-se ao território escandinavo para disputar um encontro de carácter particular neste palco mítico do futebol, frente a um conjunto que seria finalista vencido da maior competição de selecções, sete anos depois. Era a última etapa de um mini périplo pelo continente europeu, que passou por Bruxelas, pelo Estádio do Heysel mais precisamente, antes do destino final. Presente na comitiva estava Telmo Zarra. A segunda melhor cabeça da Europa depois de Churchill…

vía Planeta Desportivo: Zarra, a Lenda.